www.MAGUEIJA.com | Magueija / Fórum

Caro utilizador, para poder ver todos os tópicos e fotos disponíveis do Magueija/Fórum terá de se registar. Até já...

Autor Tópico: Poemas de Amor  (Lida 4315 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #15 em: Janeiro 17, 2011, 08:12:42 pm »
A ti te escrevo um poema
Como prova do meu amor
Por ti faço tudo
Pelo teu belo esplendor

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #16 em: Janeiro 17, 2011, 08:13:51 pm »
Cabelos leves como o vento
Nariz esbelto como o mar
Boca linda de morrer
E também gosto do teu olhar
« Última modificação: Janeiro 17, 2011, 08:18:54 pm por 008 »

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #17 em: Janeiro 17, 2011, 08:17:33 pm »
Caros amigos do fórum
Isto não está em Chinês!
Por isso escrevam lá vocês =)

Offline Anibal

  • Utilizador muito participativo
  • *****
  • Mensagens: 870
  • Graças a Deus não nasci tripeiro.
Re:Poemas de Amor
« Responder #18 em: Janeiro 17, 2011, 08:27:21 pm »
Lisboa é bonita, Gralheira o disse.
Saudações
Aníbal.

Offline Anibal

  • Utilizador muito participativo
  • *****
  • Mensagens: 870
  • Graças a Deus não nasci tripeiro.
Re:Poemas de Amor
« Responder #19 em: Janeiro 17, 2011, 08:29:21 pm »
Eu quero
Tu queres
Da minha parte eu quero
Da tua falta saber
Saudações
Aníbal.

Offline Anibal

  • Utilizador muito participativo
  • *****
  • Mensagens: 870
  • Graças a Deus não nasci tripeiro.
Re:Poemas de Amor
« Responder #20 em: Janeiro 17, 2011, 08:31:06 pm »
Os teus olhos para mim
Parecem tangerina
Nunca ninguém te falou assim
A não ser o Anibal
Saudações
Aníbal.

Offline Marta

  • Visitante pouco participativo
  • *
  • Mensagens: 15
  • www.portugalfolding.org
Re:Poemas de Amor
« Responder #21 em: Janeiro 17, 2011, 11:39:14 pm »
Eu queria ser poeta,
mas poeta eu não posso ser,
porque poeta pensa muito
e eu só penso em ti
Marta

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #22 em: Janeiro 19, 2011, 08:51:16 pm »
Eu só penso em ti
Por ti, ao mundo dou a volta a correr
És o meu amor
E a minha razão de viver

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #23 em: Janeiro 19, 2011, 08:54:26 pm »
A minha razão de viver
És tu meu amor querido
O amor não escolhe idades
Se não fosses tu, eu seria um mendigo

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #24 em: Janeiro 19, 2011, 08:58:50 pm »
Eu seria um mendigo
Se não tivesse dinheiro
Mas como te adoro
Fiz por não ter palheiro

Offline MANUEL

  • Utilizador frequente
  • ***
  • Mensagens: 137
Re:Poemas de Amor
« Responder #25 em: Janeiro 19, 2011, 09:53:04 pm »
Olá bons amigos!

Olá ilustre 008!
O companheiro está cá a sair um afincado poeta!?
Nem o frio da “Serra” lhe tira a inspiração!
É assim mesmo…

Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #26 em: Fevereiro 04, 2011, 10:48:45 pm »
A minha dama é linda
Linda como a água
Linda como o luz
É a mulher da minha vida
Aquela que me seduz



Offline 008

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 433
Re:Poemas de Amor
« Responder #27 em: Fevereiro 04, 2011, 10:53:09 pm »
Eu gosto muito de ti
Tu gostas muito de mim
Somos um para o outro
Até que seja o fim

Offline molga

  • Utilizador frequente
  • ***
  • Mensagens: 243
Re:Poemas de Amor
« Responder #28 em: Fevereiro 04, 2011, 11:27:37 pm »


Deixo aqui um poema de amor de Angelo de Lima. Espero que gostem.

Ângelo de Lima (1872-1921)

Eu ontem vi-te...
Andava a luz
Do teu olhar,
Que me seduz
A divagar
Em torno a mim.
E então pedi-te,
Não que me olhasses,
Mas que afastasses,
Um poucochinho,
Do meu caminho,
Um tal fulgor
De medo, amor,
Que me cegasse,
Me deslumbrasse
Fulgor assim.


Offline estouaver

  • Utilizador participativo
  • ****
  • Mensagens: 525
Re:Poemas de Amor
« Responder #29 em: Fevereiro 05, 2011, 07:22:59 pm »
                                                         Olá 008
  Como se costuma dizer, o meu amigo está com a corda toda. Parece que a brisa que aí chega da serra, lhe fornece toda essa inspiração.


                                     Um abraço